"" Dicas De Bordados Em Geral: Vamos conhecer os pontos Nó de Lança, cadeia e nó colonial

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Vamos conhecer os pontos Nó de Lança, cadeia e nó colonial


Para sofisticar os seus trabalhos de bordado, vamos apresentar três novos pontos, que resultam na criação de projetos bem-sucedidos.

Nó de lança


Eles são complicados no início, mas com um pouco de prática, os nós de lança são úteis para criar textura e belas flores em seu bordado.

Procedimento:
1 - Suba com o ponto.

2 – Depois desça com um ponto para a direita e volte para o primeiro ponto, mantendo a agulha no tecido.

3 – Enrole a agulha até que o invólucro seja tão longo quanto o espaço entre oprimeiro e segundo pontos.

4 – Se você não deseja que o nó se aplique contra o tecido, enrole um pouco mais. Segurando o invólucro com a mão não dominante, puxe cuidadosamente a agulha através da linha embrulhada.

5 – Desça para o segundo ponto e puxe o fio até o ponto ficar bem definido. Se aprofunde nesse assunto, saiba mais.



Cadeia


Este método simples de bordado é trabalhado em sentido inverso. É ótimo para adicionar textura aos seus projetos.

Procedimento:

1 – Faça um pequeno ponto reto.

2 – Suba no ponto posterior, e deslize a agulha sob o pequeno ponto reto e, em seguida, vá para baixo do primeiro ponto.

3 – Suba o segundo ponto, deslizando a agulha sob o ponto anterior e, então, volte para o segundo ponto.

Nó colonial


Este ponto é uma ótima alternativa para criar olhos e outros detalhes pontilhados.

Procedimento:
1 – Suba no com o primeiro ponto, formando um “C” para trás com o fio e coloque sua agulha sobre o “C”.

2 –Enrole o fio sobre e depois no ponto da agulha.


Enquanto mantém pressionada a linha de trabalho, coloque a agulha no segundo ponto (próximo ao primeiro ponto, mas não no mesmo orifício) e puxe lentamente até formar o nó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário